+

O SPI e os Xetá na Serra dos Dourados - PR : acervo documental 1948 a 1967

Conforme a documentação levantada e aqui apresentada, os grupos Xetá viviam e ocupavam extensos territórios nas margens do Rio Ivaí, no Paraná. As informações históricas, compiladas até o momento, mostram os Xetá desde a Colônia Teresa Cristina, hoje município de Cândido de Abreu, até abaixo da Corredeira do Ferro, entre os municípios de Guaporema e Mirador, a partir de 1840. Na Serra dos Dourados, junto com os animais da fauna regional, eles foram refugiando-se até a chegada da colonização moderna, em 1950. Nesta produção que ora apresentamos ao público, em trabalho realizado por pesquisadores do Laboratório de Arqueologia, Etnologia e Etno-História da Universidade Estadual de Maringá (LAEE/UEM), elencamos e descrevemos documentos gerados pelo SPI no período de 1948 a 1967. A análise de seus conteúdos será realizada em outros momentos quando da interpretação da história da diáspora dos Xetá da Serra dos Dourados.
O SPI e os Xetá na Serra dos Dourados - PR : acervo documental 1948 a 1967
Clique para ver a imagem no tamanho completo… Tamanho: 108KB