+

A emigração italiana no Brasil (1925)

Durante um período de três anos, entre 1922 e 1925, Umberto sala, advogado e ex-combatente da Primeira Guerra Mundial, trabalhou no consulado italiano da cidade de São Paulo. Nesses anos, sua atividade foi intensa, abrangendo desde atividades burocráticas internas ao consulado na capital paulista até visitas, como representante do governo italiano, às comunidades italianas instaladas nas fazendas e cidades do interior. Ao retornar a Itália, em 1925, ainda impressionado pelo que havia visto e vivido no Brasil, Umberto sala resolveu escrever um relatório, reservado, para ser apreciado pelos seus superiores no ministério das relações exteriores da Itália. Tal relatório dava detalhes sobre a vida dos italianos e descendentes que viviam no estado de São Paulo, sobre seu cotidiano nas fazendas e nas fábricas, etc. Sala também apresentava suas reflexões sobre a sociedade, a política e a economia brasileiras, além de aconselhar o governo italiano sobre o que deveria ser feito para que a Itália pudesse ampliar a sua influência no Brasil. Rico de reflexões e informações sobre a coletividade italiana instalada no país, e, especialmente, no estado de São Paulo, é este um documento único, pela primeira vez traduzido e publicado em língua portuguesa. Através dele, podemos visualizar melhor o que foi a experiência dos italianos no Brasil, tanto no campo da economia e do trabalho, como na vida cotidiana, na política e no relacionamento com os brasileiros. O texto, contudo, não é de interesse apenas para os pesquisadores da imigração italiana no Brasil, pois também traz subsídios para entendermos tanto a cultura da elite dirigente italiana daqueles anos, e a maneira como ela via a emigração e os emigrantes, como a própria sociedade brasileira do período. Sobre o autor Umberto sala nasceu em Piano Porlezza (província de como, Lombardia) em 26/6/1893. Formou-se em direito e participou, com o grau de capitão, da primeira guerra mundial. Foi funcionário do consulado italiano em são paulo entre 1922 e 1925, tendo retornado à Itália neste ano. Em 1926, ele assumiu o vice-consulado italiano de ribeirão preto, sendo incerta a sua trajetória nos anos posteriores.
A emigração italiana no Brasil (1925)
Clique para ver a imagem no tamanho completo… Tamanho: 634KB