Departamento de HistóriaUEMMestradoEspecialização

Departamento
Publicações
Pós-Graduação

Eventos

Laboratórios
Centro Document. e Pesq.
Ensino e Multimeios
Arqueologia e Etno-História
Documentação Imagética
Históira Política/Mov. Sociais
Histórica Econômica e Social
Links

 

Programa - 769

METEP I
Código: 769
Carga Horária: 68 h/a


1. Ementa: 
Estudo dos procedimentos da pesquisa histórica, com a identificação de seus métodos, técnicas e fontes.

2. Objetivo: 
Introduzir o aluno nas práticas de pesquisa histórica.

3. Programa
1. Introdução às técnicas básicas de tratamento de fontes.
a) referenciação,
b) leitura,
c) fichamento,
d) resumo,
e) análise (síntese);

2. Elaboração de projetos de pesquisa em história.
a) delimitação do tema
b) problematização
c) definição do método
d) fontes
e) formalização do projeto

3. Utilização de fontes documentais na pesquisa em história:
a) definição de documento;
b) cuidados gerais no uso de fontes na pesquisa em história;
c) organização documental e pesquisa histórica.

         

    4. Bibliografia:
    ANDRADE, Ana Célia Navarro de e TESSITORE, Viviane. Elaboração de guias: a experiência de um centro de documentação universitários sobre movimentos sociais. Comunicação. São Paulo: 10º Congresso Brasileiro de Arquivologia, 1994.

    ARAÚJO, Emanuel. A construção do livro: princípiios da técnica de editoração. Rio de Janeiro: Nova Fronteira/Brasília: INL, 1986

    ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO. Brasil: Nunca Mais. 18ª ed. Petrópolis: Vozes, 1986.

    ARQUIVO EDGAR LEUENROTH. Guia 1990. Campinas: IFCH, 1990.

    ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023/ago-89.

    ASSOCIAÇÃO DOS ARQUIVISTAS BRASILEIROS (Núcleo Regional de São Paulo). Dicionário brasileiro de terminologia arquivística: contribuição para o estabelecimento de uma terminologia arquivística em língua portuguesa. São Paulo: CENADEM, 1990

    BANN, Stephen. 'Views of the past`: reflexions on the treatment of historical objects and museums of history (1750-1850). In: FYTE, Gordon e LAW, John (eds). Picturing power: visual depiction and social relations. Londres: Routledge, 1988. p.39-63.

    BAXANDALL, Michael. O olhar renascente: pintura e experiência social na Itália da Renascença. Trad. Maria Cecília Preto da Rocha de Almeida. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991. (Oficina das Artes, 6)

    BELLOTTO, Heloísa Liberalli . Tipologia documental em arquivos: novas abordagens. Arquivo Rio Claro, Rio Claro (SP), v.9, n.1, p.4-15, jan. 1990.

    BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Arquivos permanentes: tratamento documental. São Paulo: T. A. Queiroz, 1991.

    BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Descrição: processos e instrumentos. Arquivo Rio Claro, Rio Claro (SP), v.6, n.1, p.8-30, jan. 1987.

    BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Descrição: processos e instrumentos (2). Arquivo Rio Claro, Rio Claro (SP), v.6, n.2, p.40-49, jul. 1987.

    BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Elaboração de guias de arquivo. Arquivo: boletim histórico e informativo. São Paulo, v.5, n.3, p.81-88, jul./set. 1984.

    BURGUIÈRE, André (org). Dicionário das ciências históricas. Trad. Henrique Araújo Mesquita. Rio de Janeiro: Imago, 1993. (Série Diversos)

    BURKE, Peter. A revolução francesa da historiografia: a escola dos Annales (1929-1989). Trad. Nilo Odália. São Paulo: UNESP, 1991.

    BURKE, Peter (org). A escrita da história: novas perspectivas. Trad. Magda Lopes. São Paulo: UNESP, 1992. (Biblioteca Básica)

    BURKE, Peter. "Abertura: a nova história, seu passado e seu futuro." A escrita da história: novas perspectivas. Trad. Magda Lopes. São Paulo: UNESP, 1992. p.7-37. (Biblioteca Básica)

    CAMARGO, Ana Maria de Almeida . O público e o privado: contribuição para o debate em torno da caracterização de documentos e arquivos. Arquivo: boletim histórico e informativo, São Paulo, v.9, n.2, p.57-64, jul./dez. 1988.

    CAMARGO, Ana Maria de Almeida. Arquivos pessoais: uma proposta de descrição. Arquivo: boletim histórico e informativo, São Paulo, v.9, n.1, p.21-24, jan./jun. 1988.

    CAMARGO, Ana Maria de Almeida. Catálogo Sumário do fundo "António Enes". Arquivo, Maputo (Moçambique), n.5, p.49-56, abr. 1989.

    CAPELATO, Maria Helena Rolim. A imprensa na história do Brasil. São Paulo: Contexto/EDUSP, 1988. (Repensando a História)

    CARUCCI, Paola . Le fonti archivisiche: ordinamento e conservazione. 3ª ed. Roma: La Nuova Italia Scientifica, 1989. (Beni Culturali, 10)

    CARUCCI, Paola. Il documento contemporaneo: diplomatica e criteri di edizione. Roma: La Nuova Italia Scientifica, 1987. (Beni Culturali, 1)

    CARUCCI, Paola. Tipologia, carattere della documentazione, problemi organizativi. In: Gli archivi per la storia contemporanea: organizzazione e previzione; atti del seminario di studi, Mondoni, 23-25 febbraio 1984. Roma: Ministero per i Beni Culturali e Ambientali, 1986. p.71-90. (Publicazioni degli Archivi di Stato, 7)

    CENTRO DE PASTORAL VERGUEIRO (Setor de documentação e pesquisa). Nosso trabalho em documentação. São Paulo, 1985. (Série de documentação, 1).

    CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL. Procedimentos técnicos adotados para a organização de arquivos privados. Rio de Janeiro, 1994.

    CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA DO BRASIL. Procedimentos técnicos em arquivos privados. Rio de Janeiro, 1986.

    CERTEAU, Michel de. A escrita da história. Trad. Maria de Lourdes Menezes. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1982.

    CERTEAU, Michel de. A operação histórica. In: LE GOFF, Jacques e NORA, Pierre (orgs). História: novos problemas. 2ª ed. Trad. Theo Santiago. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979. p.17-48.

    CERTEAU, Michel de. L'espace de l'archive ou la perversion du temps. Traverses, Paris, n.36, p.4-6, jan. 1986.

    CHALHOUB, Sidney. Trabalho, lar e botequim: o cotidiano dos trabalhadores no Rio de Janeiro da belle époque. São Paulo: Brasiliense, 1986.

    CHARTIER, Roger. O mundo como representação. Estudos avançados, São Paulo, v.5, n.11, p.173-191, jan./abr. 1991.

    CODIGO de la guia. Boletin interamericano de archivos. Córdoba, n.8, p.17-20, 1981.

    CONSEJO INTERNACIONAL DE ARCHIVOS. Proyecto ISAD (G): norma internacional general de descripción archivistica. Ottawa: CIA, 1992.

    CORRÊA, Mariza. Os crimes da paixão. São Paulo: Brasiliense, 1981. (Tudo é História, 33)

    CORTÉS-ALONSO, Vicenta. Archivos de España y América: materiales para un manual. Madrid: Universidad Complutense, 1979.
    COSTA, Maria Inês Nogueira da. Inventário do fundo "Companhia de Moçambique", 1892-1942: uma abordagem funcional da descrição dos arquivos permanentes. Tese de doutoramento. Maputo: Faculdade de Letras. Universidade Eduardo Mondlane, 1993. 3 vols.

    CRESPO, Carmen. Terminología de archivos: instrumentos de trabajo. In: Homenaje a Federico Navarro: miscelánea de estudios dedicados a su memoria. Madrid: ANABAD, 1973. p.89-96.

    DEETZ, James e DETHLEFSEN, Edwin S. Death's head, cherub, urn and willow. In: SCHELERETH, Thomas - Material culture studies in America. Nashville: American Association for State and Local History, 1981. p.195-205.

    DUBY, Georges. "O Roman de la rose". In: Idade média, idade dos homens: do amor e outros ensaios. Trad. Jônatas Batista Neto. São Paulo: Cia. das Letras, 1989.

    DUBY, Georges. História e nova história. 2.ed. Trad. Carlos da Veiga Ferreira. Lisboa: Teorema, 1989. (Estudos Gerais)

    DUCHEIN, Michel. O respeito aos fundos em arquivística: princípios teóricos e problemas práticos. Trad. Maria Amélia Gomes Leite. Arquivo & administração, Rio de Janeiro, v.10-14, n.1, p.14-33, Abr. 1982/ago. 1986.

    DUPLÁ DEL MORAL, Ana. Plan Regional para los archivos municipales de la comunidad de Madrid. Consejeria de Cultura de la Comunidad de Madrid, 1985. (Archivos, Estudios, 1)

    DURANTI, Luciana. Registros documentais contemporâneos. Estudos históricos. Rio de Janeiro, v.7, n.13, p.49-64, jan./jun. 1994.

    FARIA, Maria Isabel e PERICÃO, Maria da Graça. Dicionário do livro: terminologia relativa ao suporte, ao texto à edição e encadernação, ao tratamento técnico etc. Lisboa: Guimarães, 1988.

    FERREIRA, Orlando da Costa. Para uma introdução ao estudo do produto bibliográfico. Revista do Livro, Brasília, n.35, p.11-33, set. 1968.

    FERRO, Marc. O filme: uma contra-análise da sociedade? In: LE GOFF, Jacques e NORA, Pierre (orgs) - História: novos objetos. Trad. Terezinha Marinho. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976. p.199-215.

    FURET, François. O quantitativo em história. In: LE GOFF, Jacques e NORA, Pierre (orgs). História: novos problemas. 2ª ed. Trad. Theo Santiago. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979. p.49-63.

    GINZBURG, Carlo. "De A. Warburg a E. H. Gombrich: notas sobre um problema de método". Mitos, emblemas e sinais: morfologia e história. Trad. Francisco Carotti. São Paulo: Cia. das Letras, 1990. p.41-93.

    GINZBURG, Carlo. El juez y el historiador: consideraciones al margen del proceso Sofri. Trad. Alberto Clavería. Madrid: Anaya & Mario Muchnik, 1993.

    GINZBURG, Carlo. O queijo e os vermes: o cotidiano e as idéias de um moleiro perseguido pela inquisição. Trad. Maria Betânia Amoroso. São Paulo: Cia. das Letras, 1987.

    GONZÁLEZ GARCÍA, Pedro. Los documentos en nuevos soportes. Boletim do arquivo, São Paulo, v.1, n.1, p.19-37, dez. 1992.

    GREW, Raymond. On the current state of comparative studies. In: BURGUIÈRE, André e ATSMA, Harmut. (orgs). Marc Bloch aujourd'hui: histoire comparée et sciences sociales. Paris : EHESS, 1990. p.323-334.

    GRUPO DE ARCHIVEROS MUNICIPALES DE MADRID. Tipologia documental municipal 2. Ayuntamiento de Arganda del Rey, 1992.

    GRUPO DE TRABAJO DE ARCHIVEROS MUNICIPALES DE MADRID. Manual de tipologia documental de los municipios. Madrid : Consejeria de Cultura de la Comunidad de Madrid, 1988. (Archivos, Estudios, 2)

    HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Trad. Laurent Léon Schaffter. São Paulo: Vértice, 1990. (Biblioteca Vértice, 21)

    HANDLIN, Oscar. "Vendo e ouvindo". A verdade na história. Trad. Luciana Silveira de Aragão e Frota e Yvone Dias Avelino. São Paulo: Martins Fontes; Brasília: UnB, 1982. p.206-228. (Ensino Superior)

    HEREDIA HERRERA, Antonia. Manual de instrumentos de descripción documental. Sevilla: Diputación Provincial, 1982.

    HILDESHEIMER, Françoise. Guidelines for the preparation of general guides to national archives: a RAMP study. Paris: Unesco, 1983. (datilogr.)

    INSTITUTO DE ESTUDOS BRASILEIROS - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Guia do arquivo. São Paulo, 1985. (datilogr.)

    INVENTÁRIO Analítico do Acervo Octávio Brandão. Campinas: Unicamp, 1986.

    JARDIM, José Maria. As novas tecnologias da informação e o futuro dos arquivos. Estudos históricos, Rio de Janeiro, v.5, n.10, p.251-260, 1992.

    KRAVETZ, Marc. Os jornalistas "fazem" a história. In: DUBY, Georges et al. - História e nova história. 2ª ed. Trad. Carlos da Veiga Ferreira. Lisboa: Teorema, 1989. p.83-96. (Estudos Gerais)

    LAW, John e WHITTAKER, John. On the art of representations: notes on the politics of visualisation. In: FYTE, Gordon e LAW, John (eds). Picturing power: visual depiction and social relations. Londres: Routledge, 1988. p.160-183.

    LE GOFF, Jacques et al. A nova história. Trad. Ana Maria Bessa. Lisboa: Edições 70, S/d. (Lugar da História, 1).

    LE GOFF, Jacques e NORA, Pierre. "Apresentação". In: História: novos problemas. 2ª ed. Trad. Theo Santiago. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1979. p.11-15.

    LE GOFF, Jacques et al. (orgs). A nova história. Trad. Maria Helena Arinto e Rosa Esteves. Coimbra: Almedina, S/d.

    LE GOFF, Jacques. "A história nova." In: A história nova. Trad. E. Brandão. São Paulo: Martins Fontes,1990. p.25-64.

    LE GOFF, Jacques. As mentalidades: uma história ambígua. In: _____ e NORA, Pierre (orgs). História: novos objetos. Trad. Terezinha Marinho. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976. p.68-83.

    LE GOFF, Jacques. História e memória. 2ª ed. Trad. Suzana Ferreira Borges. Campinas: UNICAMP, 1992. (Repertórios)

    LE GOFF, Jacques. Reflexões sobre a história: entrevista de Francesco Maiello. Trad. António José Pinto Ribeiro. Lisboa: Edições 70, 1986. (Lugar da História, 19)

    LEAL, Maria José da Silva e PEREIRA, Miriam Halpern (orgs). Arquivo e historiografia: colóquio sobre as fontes de história contemporânea portuguesa. Lisboa: Imprensa Nacional, 1988. (Temas Portugueses)

    LODOLINI, Elio. El problema fundamental de la archivística: la naturaleza y la ordenación del archivo/Artxibistikaren oinarrizko arazoa: artxiboaren izaera eta antolaketa. Irargi: revista de archivística/artxibistika aldizkaria, Vitoria (Gasteiz), Servicio Central de Publicaciones del Gobierno Vasco, v.1, n.1, p.27-61, 1988.

    LOPES, André Porto Ancona e MORELLI, Ailton José. Centro de Pesquisa e Documentação Paranaense: viabilização da consulta e integração com a disciplina de METEP-I. Projeto de pesquisa. Maringá: DHI-UEM, 1994. (datilogr.)

    LOPEZ, André Porto Ancona. Partidos e associações políticas no Brasil contemporâneo: proposta de tipologia documental. Dissertação de mestrado. São Paulo: FFLCH-USP, 1994.

    MARROU, Henri-Irénée. "A história faz-se com documentos". Sobre o conhecimento histórico. s/t. Rio de Janeiro: Zahar, s/d. p.55-77. (Biblioteca de Cultura Histórica)

    MENESES, Ulpiano Toledo Bezerra de. História, cativa da memória?: para um mapeamento da memória no campo das Ciências Sociais. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros. São Paulo, n.34, p.9-24, 1992.

    MIGUEIS, Maria Amélia Porto. Roteiro para elaboração de instrumentos de pesquisa. Arquivo & administração, Rio de Janeiro, v.5, n.2, p.7-20, ago. 1976.

    MITCHELL, W. J. Thomas. Iconology: image, text, ideology. Chicago: University of Chicago, 1986.

    MOREIRA, Regina da Luz. Arranjo e descrição em arquivos privados pessoais: ainda uma estratégia a ser definida? Rio de Janeiro: CPDOC, 1990.

    NÁJERA, Aurelio Martín (org). Guia para la consulta del fondo documental de la Fundación Pablo Iglesias: archivo, biblioteca y hemeroteca. Madrid: FPI, 1989.

    NEIVA Jr., Eduardo. A imagem. São Paulo: Ática, 1986. (Princípios, 87)

    OLIVEIRA, Mariângela de Paiva - Introdução aos arquivos. São Paulo: Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, s/d.

    PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática. Rio de Janeiro: FGV, 1986.

    PANOFSKY, Erwin. "Iconografia e iconologia: uma introdução ao estudo da arte da renascença". Significado nas
    artes visuais. Trad. Maria Clara F. Kneese e J. Guinsburg. São Paulo: Perspectiva, 1991. p.47-87. (Debates, 99)

    PONTIFICIA UNIVERSIDAD CATOLICA DEL PERU. INSTITUTO RIVA-AGUERO. Descripción de documentos archivisticos: materiales de trabajo. Lima, 1979. (datilogr.).

    QUEIROZ, Maria Isaura Pereira. Relatos orais: do "indizível" ao "dizível". In: VON SIMSOM, Olga R. de Moraes (org). Experimentos com histórias de vida: Itália-Brasil. São Paulo: Vértice/Revista dos Tribunais, 1988. p.14-43.

    SADER, Eder. Marxismo e teoria da revolução proletária. São Paulo: Ática, 1986. (Princípios, 70)

    SALOMON, Délcio Vieira. Como fazer uma monografia. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991. (Ensino Superior)

    SÃO PAULO (cidade). Secretaria Municipal de Cultura. Departamento do Patrimônio Histórico. O direito à memória: patrimônio histórico e cidadania. São Paulo, 1992.

    SCHELLENBERG, Theodore Roosevelt. Arquivos modernos: princípios e técnicas. Trad. Nilza Teixeira Soares. Rio de Janeiro: FGV, 1974.

    SCHELLENBERG, Theodore Roosevelt. Documentos públicos e privados: arranjo e descrição. 2ª ed. Trad. Manoel A. Wanderley. Rio de Janeiro: FGV, 1980.

    SCHELLENBERG, Theodore Roosevelt. Manual de arquivos. Trad. Manoel A. Wanderley. 2ª ed. Salvador: Arquivo Público da Bahia, S/d.

    SEIGNOBOS, Charles - "Préfáce". In: Histoire polítique de l'Europe contemporaine: évolution des partis et des formes politiques: 1814-1896. Paris: Armand Colin, 1897.

    SEVERINO, Antonio Joaquim. "Diretrizes para a leitura, análise e interpretação de textos". Metodologia do trabalho científico. 19ª ed. São Paulo: Cortez, 1993. p.43-57.

    SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 19ª ed. São Paulo: Cortez, 1993.

    TESSITORE, Viviane. Arranjo: estrutura ou função? Arquivo: boletim histórico e informativo, São Paulo, v.10, n.1, p.19-28, jan./jun. 1989.

    TESSITORE, Viviane. O fundo Juventude Operária Católica: uma experiência de arranjo e descrição de arquivos de movimentos sociais. Congresso brasileiro de arquivologia (9º). Comunicação. (datilogr.)

    THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. 6ª ed. São Paulo: Cortez, 1994.

    THOMPSON, Edward Palmer. "Intervalo: a lógica histórica". A miséria da teoria: ou um planetário de erros: uma crítica ao pensamento de Althusser. Trad. Waltensir Dutra. Rio de Janeiro: Zahar, 1981. p.47-62. (Biblioteca de Ciências Sociais)

    THOMPSON, Edward Palmer. "Una entrevista con E. P. Thompson". In: Tradicion, revuelta y consciencia de clase: estudios sobre la crisis de la sociedad preindustrial. Barcelona: Crítica, 1979. p.294-318.

    THOMPSON, Paul. A voz do passado: história oral. Trad. Lólio Lourenço de Oliveira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

    VAZQUEZ, Manuel. Manual de selección documental. Córdoba, 1983.

    VIEIRA, Maria do Pilar de Araújo et al. "Os passos da pesquisa". A pesquisa em história. 2ª ed. São Paulo: Ática, 1991. p. 29-64. (Princípios, 159)

    VIEIRA, Maria do Pilar de Araújo et al. A pesquisa em história. 2ª ed. São Paulo: Ática, 1991. (Princípios, 159)

    VOVELLE, Michel. "Iconografia e história das mentalidades". Ideologias e mentalidades. 2ª ed. Trad. Maria Julia Cottvasser. São Paulo: Brasiliense, 1991. p.65-102.